Gimik
Curtiu? Recomende!

CHECKPOINT

Passo a passo, da ideia às prateleiras [Parte 1]

Por: Pauline Gonçalves

Passo a passo, da ideia às prateleiras [Parte 1]

Para as empresas de jogos ficarem ricas com o dinheiro que damos a elas a cada lançamento novo, é preciso antes que o jogo seja produzido. Mas como que se faz um jogo?

Conheça o passo a passo de como é criado os jogos.

A ideia



Quem é responsável por dar uma ideia para um jogo é o game designer, ele que irá tranferir a ideia dele ou de outra pessoal para o papel, esse papel é chamado de Game Design Document. E não pense que é algo simples. Uma história como a do GTA pode ter mais de 2 mil páginas de conteúdo, levando alguns meses ou anos para ficar pronto.

Atualmente é até mesmo comum contratarem escritores profissionais para fazerem essa parte do trabalho.

 


Os Game Designers estão entre os mais bem pagos dentro da indústria de games, e os cursos são caríssimos para se especializar no tema.

 

Os primeiros passos


Assim que o projeto é aprovado, é preciso começar a desenvolve-lo. Normalmente depois do jogo ser colocado no papel, começa a ser feita s artes conceitual do jogo.

O Game Designer fala para os artistas sobre as suas ideias e eles vão transferindo essas ideias para o papel.



Começando a ganhar vida


Esse é o momento dos modeladores 3D começam a trabalhar. Eles recriam os desenhos das artes conceituais e transformam a arte em 3D.

Essa é uma das áreas que possui uma maior escassez de profissionais, tudo por conta das novas tecnologias em 3D que foram surgindo e melhorando a todo instante.

Ter um profissional em 3D é caro, ele pode cobrar mais de 15 reais para trabalhar em um projeto, e um jogo blockbuster pode precisar de mais de 300 profissionais nessa área, por conta disso é mais fácil chamar freelancers para esse trabalho.


Pintando o sete


Depois dos modeladores, é hora dos desenhos apresentarem texturas, dando vida e cor aos desenhos em 3D. Quem realiza essa parte do trabalho são os designers gráficos.

Fazer a textura de um jogo pode ser uma tarefa super difícil e até mesmo estressante quando não se tem uma base para ser baseada as texturas





Fazendo as coisas se mexerem



Já sabemos que a área de modelagem 3D é a que possui o maior decifit na área, A modelagem 3D é o que menos tem profissionais, fazer texturas é muito difícil e a animação? Ela é a mais cara.

Nos jogos atuais é necessário equipamentos de captura de movimento, fora atores que precisam encenar as cenas, e como nos filmes, erros acontecem, e muitas vezes é preciso filmar novamente a mesma cena

até dar certo.



Fazendo tudo funcionar



A parte de programação dos jogos é a mais demorada de todas. O jogo depende completamente do programador para ele funcionar, e é preciso ser feito do zero, diferente de modelos 3D ou até mesmo uma textura em um jogo que é possível fotografa-la facilitando e diminuindo o tempo de trabalho.

Sobre o autor:

Pauline Gonçalves

Viciada em games e tecnologia desde nova, possui diversos consoles de vídeo game de várias gerações. Atualmente trabalha com mídias sociais e marketing digital nos sites: Jogos OnlineJogos Brasil , Meninas ,Aprender Ganhar Dinheiro

Pode ser encontra no facebook para trocar idéias de games e trabalho.

VEJA MAIS

COMENTÁRIOS

2019 - Todos os direitos reservados